Posts Tagged ‘emicida’

o emicida soltou hoje a música inédita que ele fez especialmente para o game max payne 3. com o nome de “9 círculos”, a música fala sobre corrupção e opressão policial e cita nominalmente o prefeito gilberto kassab. em seu site, o rapper explica a inspiração para música: “O caos da maior cidade da América Latina, a insegurança, o medo […]


eu bem que avisei que max payne 3, nova mega produção da rockstar games, prometia causar barulho por aqui. hoje a empresa anunciou que o emicida é um dos responsáveis pela trilha sonora do game ao lado da banda americana de noise pop health. pelo que eu entendi, os americanos ficarão responsáveis pela trilha sonora […]


legal ver ele dando a cara a tapa e se posicionando com firmeza em ano de eleição. no brasil, artista tem medinho dessas coisas, né? “dedo na ferida” é uma música fresquinha que saiu agora a tarde e é uma pedrada. eu tenho a sensação de que, como o bicho tá pegando e a coisa tá feia, ele […]


este ano não estou com a mínima vontade de fazer listas, então vai ser tudo de sopetão mesmo. vou postando o que vier na cabeça. se eu esquecer alguma coisa, paciência. a lista abaixo não tem nenhuma ordem de preferência, apesar de eu achar o clipe do duck sauce espetacular. apesar de a safra de […]


a 2ª edição do parabólica pop começa com o tim maia chutando bundas, depois dá uma passada por coletâneas lançadas em 2011. segue com o rome, novo projeto do danger mouse, e termina com músicas novas do noel, do css e do emicida. tá massa. tracklist: “brasil racional (nação cósmica)” – tim maia “um girassol […]


em 1967, quando lançaram o sgt. pepper’s, os beatles tiveram a sacada de botar as letras das músicas no encarte do vinil, além de brindes como, por exemplo, um bigode e um distintivo do sargento pimenta feitos para serem recortados por quem comprasse a bolachinha, coisa que até então ninguém havia feito ainda. ou seja, por ter um […]


emicida vem sendo considerado uma espécie de injeção de novo fôlego ao rap nacional. isso talvez aconteça pelo fato de em suas letras não ter medo de assumir que se o sucesso e, consequentemente, o dinheiro vier ele não vai ser hipócrita de recusar. pelo visto, este ainda é um dilema besta que parece perturbar os […]