jorge ben, 70 anos

22mar12

a grande diferença entre o jorge ben e qualquer outro compositor brasileiro é que ele inventou um estilo musical. acho que só o joão gilberto pode se gabar de algo do tipo.

diferentemente do roberto carlos ou do tom jobim, por exemplo, jorge ben parece que não ficou experimentando outros ritmos até encontrar o seu próprio jeito de tocar/cantar. ele já chegou dando voadora na cara com “mas que nada”. um misto de samba e maracatu, samba de preto tu.

desde o começo ele já impôs uma característica própria na sua música. não era bossa nova, nem samba, nem soul music. era a música do jorge ben, uma batida própria que não existia ainda. ele fazia com o violão o que james brown só conseguiu por causa da guitarra, daí o nome samba-rock. é um samba esquema novo (olha esse nome!). ponto.

é um cara capaz de fazer todo mundo dançar com uma música que conta a história da alquimia e da transmutação de metais. ou até mesmo numa música cantada em latim. ou, sei lá, numa sobre paracelso ou o taj mahal.

ao mesmo tempo que fala de são tomás de aquino e são jorge, fala também dos orixás. ao mesmo tempo que fala do zico e do flamengo, fala também de zumbi e xica da silva.

poeta da alegria, jorge ben é o tipo de cara que consegue compor versos como “voando numa nave maternal doirada muito veloz feita de um metal miraculoso com janelas de cristal e forro de veludo rosa” e fazer todo sentido.

canta sobre as mulheres que todo mundo conhece, não apenas sobre a de ipanema, mas também sobre a bebete, a jesualda, a berenice, a katarina, a tereza, aquela que poderia ser sua vizinha ou sua irmã. aquela gata que passa e nem percebe que vai te deixar a noite inteira pensando nela com malícia. é o maior hitmaker do brasil, duvido que roberto carlos tenha mais hits que ele.

está lançado o desafio.

para mim, ele é o grande rei da música brasileira por conseguir ser denso, profundo e erudito ao mesmo tempo que é popular, coloquial e simples. tudo isso embrulhado em harmonias incríveis.

um cara que é respeitado pelo povo do rap e pelo povo do rock, pela mpb intelectualóide e pelo funk carioca. reverenciado pelo fiuk e pelo radiohead.

e, ao contrário do roberto carlos que se orgulha de ser careta, o jorge se orgulha de ser malandro, é da turma da zazueira. sem falar que a mãe dele se chama, atenção: silvia saint.

sério, o cara é muito mestre.

abaixo deixo a primeira parte de um documentário feito pela tv cultura em 2008. dá para ver as partes 2,3,4 e 5 também.

há uma controvérsia sobre a data exata de nascimento do jorge ben. oficialmente ele nasceu em 1942, mas ele diz que foi em 1945.

daqui três anos a gente comemora de novo, sem problema.



No Responses Yet to “jorge ben, 70 anos”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: