Archive for fevereiro, 2011

depois do lançamento do clipe de “lotus flower” vi muito fã de radiohead indignado com as paródias e piadas que o vídeo sofreu por aí. alguns chegaram até a soltar o famoso discursinho de que “brasileiro não tem cultura, sempre esculhamba tudo bla bla bla…”. puro preconceito. ainda mais se pensarmos que as melhores piadas […]


thierry guetta é um francês que vive uma vida pacata com sua família enquanto toca os negócios de uma pequena loja de roupas em los angeles. pelo fato de ser órfão de mãe desde criança e não ter tantas fotos de sua infância ele meio que se torna um obsessivo por registrar cada momento de sua vida […]


como você já deve ter percebido o radiohead antecipou o lançamento de the king of limbs, seu novo disco, de amanhã para hoje. pega aqui. e a histeria foi gigantesca na internet pela manhã. tinha gente resenhando o disco faixa por faixa em tempo real enquanto ia ouvindo. outros já apontavam  o disco como obra prima, […]


após um workshop realizado na suíça durante uma conferência que debatia os rumos das novas mídias e implicações da tecnologia na vida moderna realizada no começo do mês, um grupo de cerca de 20 participantes resolveu bolar o manifesto don’t make me steel se comprometendo a “nunca mais fazer download ilegalmente de um filme se houver uma alternativa […]


the widow, the mars volta  play the game, queen dream a little dream of me i will, the beatles peguei tudo do canta, delícia também conhecido como o tumblr mais genial dos últimos tempos.


dorgas, manolo!

16fev11

internet, eu te adoro.


tudo é remix

11fev11

“every thing is a remix” é um projeto de kirby ferguson e segue  a mesma premissa do documentário “rip: a remix manifesto”, já bastante comentado aqui. dividido em quatro partes, o projeto de kirby tenta refletir sobre essa nova era digital em que vivemos e mostrar que hoje em dia nada se cria, tudo se apropria. tudo […]


será que elas sabem o que é um gameboy? e um disco de vinil? * e pensar que eu ainda usava disquetes a pouco tempo atrás, tipo em… 2005! hoje até o pendrive já caminha para a extinção. que coisa.