“i’m still here”, documentário sobre o ano perdido de joaquin phoenix

18ago10

Joaquin Phoenix

eis o cartaz e o primeiro teaser do documentário “i’m still here”, que registra a piração do ator joaquin phoenix nos últimos dois anos.

você deve se lembrar que o ator – vencedor do oscar de melhor ator pelo papel de johnny cash – depois de um período fora da mídia reapareceu dizendo que tinha virado rapper e que não faria mais filmes. sem falar na barba gigante, no cabelo desgrenhado, nas brigas e outras atitudes bizarras na frente das câmeras cujo ponto máximo se deu naquela icônica entrevista ao david letterman.

já era sabido que cada passo dessa “nova era” da vida do (ex)ator estava sendo registrada para um futuro documentário e que tudo poderia ser mera encenação para o filme. uma espécie de “borat” da vida real. o problema é que o tal documentário foi exibido para parte da imprensa no último festival de cannes e mostrou-se muito mais tenebroso que o filme do falso repórter do cazaquistão. em “i’m still here”, joaquin é mostrado em cenas reais de consumo de drogas, sexo gay e (dizem) chega até a comer merda.

é sabido que phoenix vem de uma família problemática. não sei se você se lembra, mas o irmão dele (river phoenix, também ator) morreu de overdose nos anos 90′ durante uma festa onde faria uma aparição ao lado do flea (baixista do red hot chili peppers) numa música da banda do johnny depp, que também era dono da boate onde rolaria o show.

sinceramente não sei qual é o propósito de “i’m still here”. me parece ser uma tremenda picaretagem de um ator que nunca achei essa coca-cola toda. e me parece que não atingiu o objetivo desejado uma vez que grande parte do conteúdo é conhecido da imprensa (de novo: foi exibido em cannes) e certamente não causará o impacto de borat, ou até mesmo de filmes como o falso documentário sobre o spinal tap.

por outro lado tem tudo para ser a maior auto-sabotagem de uma celebridade de hollywood. e tem tudo para cair na mesma vala comum onde dormem paris hilton e o surto da britney spears, por exemplo. personagens pelos quais ninguém se importa mais hoje em dia.



No Responses Yet to ““i’m still here”, documentário sobre o ano perdido de joaquin phoenix”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: