che guevara superstar

09abr10

ainda na onda do desvirtuamemto de valores do último post, vale citar este documentário chamado “personal che” que mostra como aquela foto icônica – tirada por alberto korda – do líder cubano ainda inspira revoluções mundo a fora. desde movimentos de resistência na indonésia e na china até a grupos neo-nazistas na alemanha. a desculpa destes é que, assim como che, hitler era um nacionalista que lutava contra a invasão de impérios estrangeiros em seu território. a velha desculpinha da “defesa da soberania nacional”.

além disso, mostra como a maioria das pessoas em cuba não conhece direito as circunstâncias da morte de che guevara. alguns acham que ele morreu porque estava doente, outros que ele não morreu. vale ressaltar que as fotos dele baleado e morto na bolívia nunca foram publicadas em cuba. o espanto de um senhor cubano vendo as tais fotos é impressionante.

para realizarem “personal che” os diretores foram a vários países da américa latina, ásia e europa para analisar o mito che guevara. o resultado é assustador. em vilarejos do méxico, por exemplo, há pessoas que acreditam que o cara era um bruxo e só morreu na bolívia porque, na emboscada, ele não teve tempo de abrir seu “livro mágico” que espalharia a paz na américa latina. sem falar nas várias igrejas do “santo guevara” existentes em comunidades pobres da américa latina. daí para relatos de milagres e estátuas que choram não custa muito. é bizarro.

alguém ainda duvida o poder da fotografia e da propaganda?



No Responses Yet to “che guevara superstar”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: