o ipad é tudo isso mesmo?

27jan10

falou-se tanto desse tablet da apple que no fim achei meio broxante o anúncio em si. tudo que foi apresentado por steve jobs já era de conhecimento do mundo inteiro há meses. esse é o preço que se paga nos tempos modernos onde a mídia resolveu trabalhar mais com especulações do que com fatos. seria genial se o chefe da apple apresentasse recursos inéditos e incríveis do ipad ou – melhor ainda – se o aparelhinho não fosse essa coca-cola toda que a mídia vem babando ovo há meses. infelizmente não foi o que aconteceu. o novo brinquedinho é quase igual ao que vinha sendo cogitado pela mídia há tempos.

vamos aos fatos. deixando o oba-oba de lado alguns pontos sobre o ipad precisam ser considerados:

pontos negativos

* o nome não é dos melhores. já temos o ipod e o iphone e isso basta.

* o ipad não tem flash embutido. o que significa que apenas vídeos do youtube poderão ser vistos no brinquedinho. assim como no ipod e no iphone, o youtube só roda porque a empresa tem contrato com a apple. ou seja, esses anúncios animados ao redor de sites ou mesmo um vídeo no vimeo não rodam no ipad.

* a política de conta-gotas da apple continua. ou seja, no ano que vem o ipad vai ganhar um upgrade substancial, com mais memória, uma possível câmera, software mais rápido etc. se apenas criassem vergonha na cara e permitissem seus aparelhos de rodar flash já estaria de bom tamanho. sinto que o ipad já poderia oferecer recursos como impressora embutida (alô polaroid!) ou então scanner, que deve acontecer com uma futura e provável câmera.

* a apple mantêm essa dependência irritante – e a meu ver injustificada –  de seus produtos com o itunes. toda e qualquer sincronização tem obrigatoriamente que ser feita pelo itunes, quando na verdade o aparelho poderia muito bem ser lido como um dispositivo móvel qualquer. a apple prega a mobilidade, a facilidade e simplicidade mas isso só acontece se você utilizar apenas produtos dela. qualquer celular, câmera digital ou aparelho móvel mais vagabundo tem o recurso de ser lido pelo computador (seja pc ou mac) como um pen drive. por que os produtos da apple tem que ser diferentes?

* a apple vai lucrar muito com acessórios como, por exemplo, teclado para acoplar o ipad, ou a capinha de couro para transportá-lo. tudo a preços exorbitantes, claro.

* o fato de você virar o ipad na horizontal não o torna widescreen. o formato da tela é 4:3, ou seja, de uma tv normal.

* a apple store não existe no brasil nem para música, que dirá para livros. isso significa que ainda vai demorar algum tempo para o aparelho ser funcional por aqui. por enquanto vai servir apenas como símbolo de status.

* como sempre acontece com produtos da apple, é provável que o ipad não venha com acessórios básicos que qualquer produto mais furrequinha possui, tipo carregador de força. vale lembrar que o iphone ou os ipods não vêm com esse acessório BÁSICO. é tudo vendido à parte. todos vêm apenas com cabo usb que serve para sincronização e carregamento de bateria ao mesmo tempo. mas pense comigo: se o ipad (e iphones e ipods) é um computador portátil por que caralhos alados eu preciso me conectar com outro computador para carregar a bateria? não seria mais fácil a apple já incluir um carregador de tomada na caixa do aparelho assim como TODOS OS CONCORRENTES? no caso do ipad, além de (aparentemente) não estarem inclusos na caixa, o aparelho precisa de adaptadores para cartões sd e para dispositivos usb, como câmeras e celulares, por exemplo. tudo isso porque a apple não dá o braço a torcer e prefere utilizar suas entradas de 30 pinos ao invés de entradas QUE TODOS OS CONCORRENTES USAM.

os adaptadores para ipad

pontos positivos

* o ipad é mais rápido que o iphone 3GS

* pelo visto a interface tosca do kindle terá que ser aposentada (ou muito aprimorada) depois do ipad. será que quando fizeram o kindle não pensaram que a apple poderia  lançar um iphone gigante? basta pensar que no kindle você não consegue ler histórias em quadrinhos coloridas. entre baixar um livro do crumb no kindle e comprar o original em papel, fique com o original.

* o ipad dá fôlego a inclusão de jornais e revistas na era digital. não apenas força as empresas de mídia a desenvolverem seus veículos pensando no mercado de tablets como abre um novo modelo de negócios. o jornal impresso terá que ter uma nova função, um novo enfoque. só que a apple não faz tudo sozinha, é preciso empenho das empresas de mídia.

* se bem explorado o ipad pode se tornar uma nova plataforma de games, aumentando ainda mais a briga acirrada de nintendo (wii), sony (ps3) e microsoft (xbox 360).

* outro lado bom é que ele roda aplicativos do iphone, apesar de ser em resolução menor devido ao tamanho da tela. também serão desenvolvidos aplicativos específicos para o ipad. os aplicativos são a grande sacada da apple com o surgimento do iphone. já existem aplicativos que transformam o iphone em cartão de crédito, para você ter uma noção. ou seja, há um campo vasto a ser explorado aí. mas vale lembrar que ainda não existe o recurso de multitarefas, ou seja, roda apenas um aplicativo de cada vez. já passou da hora de mudar isso.

* para utilizar o ipad 3G não é necessário (pelo menos nos eua) fazer assinatura com a operadora de telefonia. pode-se fazer um plano pré-pago com direito a cancelamento da conta a qualquer momento. no caso dos iphones, por exemplo, no brasil os planos são absurdos e na maioria das vezes é preciso assinar um contrato de  permanência que pode ser de até dois anos. é torcer para que os preços dos planos de ipad sejam mais em conta. caso contrário, não compensa ter o aparelho no brasil, a não ser que você tenha salário de deputado.

a conclusão que pode-se tirar desse novo laçamento é que a apple faz jus à fama de ser lançadora de tendências, de dar show de design (apesar de eu achar que o design do iphone e, consequentemente, do ipad precisarem de uma modernização), tecnologia e de redefinir padrões culturais e de modelos de negócio. no mais, não é nada de tão impressionante assim, muito por culpa da indústria da especulação que a apple gosta de fomentar (sim, é proposital). mas steve jobs acostumou mal o mundo, desde o lançamento do iphone todo mundo espera uma nova revolução. a de hoje foi menos bombástica.

o ipad vai matar os netbooks, notebooks e pcs? é provável que os netbooks morram depois do ipad. já os notebooks e pcs devem ganhar novas funções já que é bastante improvável que a apple vá parar de vender imacs e macbooks.

os notebooks devem se tornar mais potentes e seguirem como opção para quem precisa de um processador rápido e de fácil portabilidade. é provável que os pcs também passem a ser mais potentes, mas com o propósito de serem usados em casa e escritórios sem a necessidade de bateria. já os ipads serão computadores portáteis para uso doméstico e recreativo, para realizar atividades simples como rodar mídias e acessar internet, por exemplo.

o ipad também pode se tornar uma excelente ferramenta de estudo. pense em crianças substituindo a mochila pesada por um ipad com todos os livros que ela vai precisar durante os 8 anos de primário e você entende onde eu quero chegar. sem falar nos aplicativos. quem já viu a a gama dos excelentes aplicativos educacionais da app store sabe que coisa incrível o ipad pode se tornar. citei as crianças como exemplo, mas pense em um universitário cursando direito e tendo todo o código penal a apenas um clique de distância. ou então um médico usando o ipad para armazenar o prontuário de todos seus pacientes. percebeu?

por enquanto, o ipad ainda apresenta falhas graves e se prova mero hype marqueteiro. mas pode esperar que, assim como aconteceu com o ipod e o iphone, outras empresas lançarão seus tablets (algumas já lançaram) mais funcionais e eficientes que o ipad

os produtos da apple, mais do que tudo, servem como conceito. uma linha de pensamento, um caminho a ser seguido pelas concorrentes. e muitas vezes a cria supera o criador.

os macfags que me perdoem mas é verdade.



One Response to “o ipad é tudo isso mesmo?”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: