o nerdismo e a política

15set08

e taí mais um argumento para a minha teoria de que o nerdismo vai dominar o mundo. não bastasse a campanha eleitoral americana ter mostrado que a internet é um fator fundamental na popularidade dos candidatos (até o twitter está sendo utilizado por democratas e republicanos) eis que barack obama (o que melhor sabe se utilizar da tecnologia para passar sua imagem de pessoa moderna, jovem e com visão… blá blá blá…), faz um vídeo atacando diretamente (até aqui a coisa era mais velada) a inabilidade do candidato republicano com as tecnologias modernas. obama pegou o gancho numa declaração do próprio mccain dizendo que não sabe nem enviar e-mails. no vídeo ele praticamente chama o republicano de burro.

e não se espante se barack obama vencer a eleição e criar um blog ou quem sabe até botar uma webcam no gabinete para mostrar o seu dia-a-dia na casa branca. enquanto isso, no brasil (vivendo na idade média, como sempre) a campanha política está proibida na internet. a justiça brasileira, inclusive, anda obrigando blogs a retirar posts que DENUNCIAM irregularidades cometidas por políticos. perfis no orkut que contenham mensagens políticas também estão sendo caçados sendo que, segundo o orkut, em alguns estados esta lei é mais vulnerável e o site não pode remover estes conteúdos. ou seja, o assunto política está BANIDO da internet brasileira. não se pode falar sobre isso, mas há “brechas” na lei em certas partes do país. hummm…

a justiça brasileira é tão eficiente e perspicaz quando o assunto é internet que, numa tentativa de tirar o twitter do ar (por causa de uma ação de uma candidata pedindo a exclusão de um perfil falso que se passava por ela) acabou derrubando um blog homônimo que não tinha nada a ver com a história. quer dizer então que, além de acertar o alvo errado, ainda ia tirar do ar um site com usuários do mundo todo por causa de um caso isolado? sim, no brasil, por causa de UM indíviduo todos acabam pagando o pato. alguém lembrou do caso ciccarelli aí?

vale lembrar que corre no senado uma lei contra crimes na internet que, se aprovada, praticamente torna o uso da internet ilegal no brasil. agora eu pergunto: como alguém (no caso, os políticos brasileiros) que não entende de internet pode ditar leis sobre a dita cujo? isso vale para a justiça brasileira também.

parece que o brasil é o país do futuro mesmo. tudo é sempre no futuro, nunca no presente.



5 Responses to “o nerdismo e a política”

  1. 1 Lucas Facco

    Uma verdade vc falou, O Brasil sempre será o país do futuro, mas de que povo?

    Quanto ao direito de liberdade de expressão que é uma garantia do artigo quinto da constituição brasileira, vemos ai uma interpretação favorável da lei em prol aos antigos coronéis que não querem perder terreno frente ao povo menos afortunado. O dia que a democracia for igual a todos, teremos uma internet livre e usada para o crescimento nacional.

  2. 2 Hélio Sassen Paz

    Cadu,

    A lei aqui sempre foi burguesa: só vai em cana pobre, preto e puta. Além disso, só recebe a benesse da anistia e da hiperexposição midiática quem é graúdo.

    A política quando exercida com inteligência e respeito dialético, é um troço bonito de se ver. Brabo é ver que somos dirigidos a todo instante (independentemente de partido ou ideologia) por um bando de empata-fodas.

    []’s,
    Hélio

  3. 3 Cadu

    hélio, infelizmente, é bem por aí mesmo.
    e o pior é que a coisa não pára de andar pra trás.
    https://letitblog.wordpress.com/2008/09/24/e-segue-a-patrulha/


  1. 1 e segue a patrulha… « let it blog
  2. 2 pra que serve o twitter? « let it blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: